segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Nós e o Céu

Também o Céu por vezes se esconde
por detrás de nuvens cinzentas
deixando escapar gotas cristalinas
que não passam de lágrimas
Revolta-se, demonstrando a sua ira
através de ventos, raios e tempestades
Destrói-se a si e tudo a sua volta.
No outro dia levanta-se e brilha
vê-se as estrelas a brilhar
como se nada se tivesse passado
cada pontinho é um piscar de olho
que se reflecte nosso olhar
trazendo esperança, carinho e ilumina-nos
mas ainda assim os dias cinzentos voltam
e tudo parece perdido.

Afinal o Céu não é assim tão diferente de nós
Um dia brilha noutro está cinzento...

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Natal

O Natal está aí e com ele vem o frio, a chuva o vento, a neve...todo dentro do normal.
Mas não é só isso que esta quadra natalícia nos traz!
Eu hoje em dia não ligo muito ao Natal, talvez porque o seu significado já não seja visto como era quando era uma pequena miúda.
As mensagens que nos enviam são por sms, e a primeira que nos chega é a que enviamos para todos os nossos contactos. Não é que não façam sentido, mas é tão mais bonito quando escrevemos uma nós próprios e de preferência num postal(sim, já sei que digo sempre isso, Eu adoro Postais).
Outra coisa que se ouve muito dizer/fazer nesta altura é a solidariedade! Ainda um dia destes falava com uma amiga sobre esse assunto. Chegámos à conclusão que num ano inteiro só em Dezembro é que vemos, seja na televisão, na rua, em qualquer lado que passemos as pessoas serem mais solidárias com as outras.
Para mim o Natal não é isso.
E a correria aos centro comercias?! Estão sempre cheios, compras e mais compras. O Natal do consumismo.
Nos tempos o Natal era montar a árvore, a ansiedade que havia para saber o que estavam nos embrulhos. Hoje em dia os miúdos já pedem, sabem que vão ter e se não têm lá vem a birra.
É certo que o tempo muda, mas há coisas que nunca deviam mudar. Por mais luzes que hoje exista espalhadas por todo o lado não têm o mesmo brilho.

Desejo a todos um Feliz Natal, com muito carinho!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Todos queremos um Amigo

Amizade é...

Não é receber, é dar.
Não é magoar, é incentivar.
Não é descrer, é crer.
Não é criticar, é apoiar.
Não é ofender, é compreender.

Não é humilhar, é defender.
Não é julgar, é aceitar.
Não é esquecer, é perdoar.

Amizade é...

Simplesmente AMAR.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Infâncias Felizes



Voltar a ser criança, ter um olhar doce e inocente. Querer ser médica, veterinária e claro professora.
São os sonhos de uma criança feliz, onde vê o Mundo pintado de cor de rosa e à noite as estrelas são pequenas luzinhas que iluminam ainda mais o seu olhar.
Passear pelo campo, apanhar as flores para fazer o ramo mais lindo que alguma vez viu. Todos os dias era feito um novo, mas sempre mais bonito que o de ontem. Brincar naquele baloiço de estava numa árvore gigantesca, por vezes eram tardes inteiras a baloiçar de uma lado para o outro.
Tudo era diferente, não havia horas, pressas, tudo tinha o seu tempo.
Tudo estava no seu devido lugar à hora certa.
Os erros que se cometiam não era graves e amanhã era um novo dia, já tudo estava esquecido.
Eram momentos felizes que não voltam atrás, todas as crianças crescem, perdem a inocência e aprendem a sonhar e a relembrar os sonhos de outra hora.


domingo, 29 de novembro de 2009

Voltei


Pois é sempre consegui voltar!
O frio era elevado mas não conseguiu que eu fica-se lá congelada. Realmente nós achamos que está mau cá em baixo mas aqui não passa de um "dia de Primavera".
Já não lá ia desde do Verão, apesar de ser muito quente os dias lá eu prefiro.
Agora só lá devo ir quanto o tempo estiver mais ameno.

Foi um fim de semana engraçado ;)

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Fim de Semana

Em Castelo Branco, se cá em baixo já bato o dente algumas vezes ao dia, este fim de semana parto-os.lolol
Vão ser dois dias de extremo frio, mas nada que não se faça!

Até depois ;)

P.s: Se não der notícias nos próximo 3 dias, fiquei lá congelada e volto no Verão. eheheheheh

sábado, 14 de novembro de 2009

Deixa-te levar

Deixa-te levar
Não tenhas medo de dar um passo em frente
O precipício não está já ali
Deixa-te levar como se fosses uma nuvem
sendo empurrada pelo vento
ou uma onda arrastada pelo mar
Deixa-te levar e põe um sorriso na cara
Um sorriso do tamanho do mundo
Acompanha-o com uma gargalhada
que faça a ti, a mim e a todos felizes
Deixa-te levar no meio da multidão
não te vais sentir perdido
olhas em teu redor
e vais perceber que tudo está no sítio certo
Apenas deixa-te ir, sentirás e viverás muito melhor!




sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Tráz um amigo e leva-me contigo

Bernardo, um rapaz bonito, elegante e muito educado, para os seus 16 anos, era um rapaz calmo. Tinha amigos que moravam no centro da Vila, gostava de conhecer pessoas, trocar algumas impressões sobre os lugares Históricos da Vila, algo que já sabia detrás para a frente mas gostava de fazer jogos do quem sabe mais com outros colegas. Mesmo ganhando quase sempre era incapaz de tirar partido disso e gozar. Para ele apenas servia para dar a conhecer a história da sua Vila.
No seu dia - a - dia, convidavam-no para fazer uns jogos de futebol, mas ele recusava sempre. Dizia que tinha que estudar, acabar de ler um livro que era muito interessante. Coisas que achava ser mais útil para ele.

Em casa ajudava o pai na horta, tratar dos animais e aí sim, parecia ser a criança mais feliz do Mundo! A sua mãe apenas pedia para a ajudar nas compras, o peso dos sacos já era demais para ela.

Um dia tudo muda, uma nova família muda-se da grande cidade para a pequenina aldeia do interior. Cansada de toda a correria, da poluição, das pessoas pessoas que passam e nem levantam a cara para dizer um simples "Bom dia", caras tristes que estão espalhadas por toda a cidade...a família Alves decide mudar o rumo a sua vida, pois percebe que não era assim que o seu filho Rodrigo devia ser criado.

Rodrigo também ele com 16 anos, era sem dúvida um miúdo alegre, simpático, e muito bem parecido. Como dizem as miúdas da sua idade, é o "Deus da Beleza". Esta mudança apanhou-o de surpresa, sempre ouvira os pais dizerem "um dia viveremos numa pequena aldeia...", nunca pensou que esse dia iria chegar. Largou todos os seus amigos, a sua escola, a sua casa que sempre conhecera e não pensaria um dia troca-la.

Mudaram-se umas semanas antes do inicio do ano lectivo para conhecer a escola, fazer novos amigos e ambientar-se a nova vida.

Para Rodrigo os dias tornam-se frios, distantes, não conhece ninguém, não se identifica com aquele novo lugar. Prefere ficar em casa a jogar Playstation, ver um filme no seu DVD, do que sair para conhecer o campo para ele é uma perca de tempo.

Dá-se inicio das aulas, tem que sair mesmo de casa!

Na sua turma tem Bernardo, que apesar de viverem perto um do outro nunca se tinha cruzado.

Rodrigo senta-se a seu lado e Bernardo com toda a sua educação diz-lhe "Bom dia". Como ainda não se tinha ambientado à sua nova vida murmurou-lhe um bom dia . Não se alongou em apresentações, só queria estar no seu canto acreditando que tudo não passava de um pesadelo.
Tinha chegado o final do dia e Bernardo perguntou-lhe se estava disposto a conhecer a Vila. A sua resposta negativa, mas Bernardo insistiu dizendo: - Depois de a conheceres, podes confirmar que tudo aqui não é tão mau como pensas. Dá - me uma oportunidade.
Saíram os dois à descoberta da Vila.
Bernardo foi-lhe apresentando aos poucos algumas pessoas, símbolos históricos por onde passavam. Já se sentia feliz, além de o teu convencido a dar uma volta, notou um leve sorriso enquanto caminham a pé até ao centro da Vila.
Já estava a anoitecer e decidiram apanhar o último autocarro que ali passa para suas casas.
Despediram-se e Rodrigo agradeceu-lhe a sua simpatia com um sorriso, já Rodrigo lhe disse que amanhã seria um novo dia e que se habitua-se depressa que depois se ia arrepender de não ter conhecido mais cedo o meio rural.

...


Não sou de todo escritora, mas desta vez apeteceu-me algo diferente.
Um dia continuarei o texto.

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Ah pois é!

Como diz o meu amigo Quim!
Podiamos ganhar sem goleada? Poder podíamos mas não era a mesma coisa!!!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Revoluções

A sociedade nos dias de hoje, é cada vez mais artificial, mais fútil, egoísta, é uma verdadeira fachada daquilo que não somos.
Já lá vai o tempo em que as pessoas tinham prazer em ajudar os outros sem ter outras intenções, da quais pudessem vir a ser beneficiadas. Realmente hoje me dia aplica-se bem a frase "ninguém dá nada a ninguém!".
Outra coisa que me faz imenso confusão, o cinismo.... é incrível como as pessoas à nossa frente aparentam uma coisa e ao fim de contas, saem outra! Impressiona-me!!!
Não é só, e pessoas que se acham iluminadas! São fantásticas, têm tanta iluminação que se encandeiam a elas próprias e não conseguem ver o quanto são ridículas e pequeninas!
Todos nós temos defeitos mas à que ter consciência que também erramos e que os outros podem ter a sua razão!
Temos que viver a nossa vida tal e qual como ela é, fazer com que seja melhor mas sem prejudicar o próximo. Demonstramos o que realmente somos, afinal de contas todos nós temos o nosso próprio valor e não preciso arranjar alguém para nos identificarmos e tentarmos ser igual. Cada um tem a sua essência, a sua beleza. No final somos todos únicos.

E eu? Serei uma fachada?

Espero que não, mas se me aperceber que sim... farei com que não seja!

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

É impossível não gostar de David Fonseca!
A música portuguesa volta a estar em grande, deixo-vos "A Cry 4 Love" de David Fonseca

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Às vezes podes achar que o mundo está virado do avesso e que está tudo a dar errado na tua vida!
Que as pessoas exigem demasiado de ti, duvidem das tuas capacidades e ponham em causa o teu comportamento. Não te podes deixar abalar com esses comentários, o que sentes é cansaço, e nem sempre o esforço físico é o mais duro mas sim o psicológico. Não podes ceder à pressão ou fazer com que te façam pressão.
Não te isoles, sai com os teus melhores amigos, fala com eles...serão as pessoas que melhor conhecem e com elas vais-te sentir seguro. Eles nunca te julgarão, como eu também nunca o irei fazer :)
Tem os teus motivos, as tuas razões...na tua cabeça neste momento precisas de paz, paz interior. Espero que a encontres e que voltes a ser a brilhante pessoas que és, neste momento só está é escondida :)

Eu estarei sempre aqui para partilhar a minha amizade e respeito por ti :D

Beijo Bom



terça-feira, 29 de setembro de 2009

Amigo



Inauguramos a palavra amigo!
Amigo é um sorriso
De boca em boca,
Um olhar bem limpo
Uma casa, mesmo modesta, que se oferece.
Um coração pronto a pulsar
Na nossa mão!
Amigo (recordam-se, vocês aí,
Escrupulosos detritos?)
Amigo é o contrário de inimigo!
Amigo é o erro corrigido,
Não o erro perseguido, explorado.
É a verdade partilhada, praticada.
Amigo é a solidão derrotada!
Amigo é uma grande tarefa,
Um trabalho sem fim,
Um espaço útil, um tempo fértil,
Amigo vai ser, é já uma grande festa!

Alexandre O'Neill
Para os meus amigos, que realmente são!


quarta-feira, 23 de setembro de 2009


Acho que está na hora de mudar algumas coisas!
Há tanta coisa que podemos mudar, mas deixamos sempre para depois, ou espero que alguém mude só para não termos trabalho.
Acho que vou mudar coisas, não todas é claro. Mas aquelas que nos ocupam demasiado, mesmo quando não a vemos e não nos fazem assim tanta falta!
E é claro, acrescentar mais algumas... que nos fazem falta... mas não sozinhos!

Vou mudar ou pelo menos vou tentar para melhor :D

domingo, 13 de setembro de 2009

Hoje passaria o dia todo a ouvir esta belíssima canção!



Não é bem o tipo de música que se ouve hoje em dia, mas é algo que nunca passa de moda.
Faz-me sentir muito bem.
Aproveitem

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Eu já perdoei...

Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis”.

Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras ouvindo música e vendo fotos, já liguei só pra escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo!)

Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida.

Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a VIDA é MUITO para ser insignificante.”

(Charles Chaplin)

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

E não é que...

O churrasco existiu, não é que houvesse dúvidas que um dia ia acontecer!
Mas o tempo não tinha sido lá grande amigo.
Como ao fim de semana, ora chove ora faz vento, decidimos fazer a uma 6ª feira. O tempo estava fantástico, previa-se uma tarde muito animada.
O almoço estava perfeito, a sobremesa do melhor! Estás aprovada Raquel!
Depois da paparoca, o que ficava bem?! Uma sesta...claro que não!!!! Fomos jogar às cartas, não, não foi poker!!! Eu jogo outras coisas para além disso, afinal cartas é comigo.
Jogámos à Copa, e claro que perdi...começo a pensar que cartas não será bem comigo...ou qualquer tipo de jogo :)
As regras são um pouco estranhas, para mim a Dama de espadas vale 13 pontos, a Dama é maior que o Valete...e claro que se apanhar todas as copas, todos os jogadores levam 10 pontos menos eu e não tenho que levar com 10 pontos na próxima jogada que levar copas! Para mim estas regras são estranhas...mas não deixa de ser divertido =)
Ponto alto desta partida? Não foi a minha derrota, mas sim a minha querida Sofia jogar. É de facto inédito. Não é que tem jeito?!
Passando esta parte, resolvemos avivar memórias...não é que sejamos velhos, só mesmo o Sérgio (brincadeirinha).
Qual o jogo que faz parte da minha infância? Entre muitos outros.....
Os Países, claro está!!
Foi sem dúvida melhor jogo de sempre que joguei em toda a minha vida, neste dia!
As minhas respostas são as mesmas que à 10 anos atrás, mas os tempos mudam e ouve-se e lê-se com cada modernice. Não me vou esquecer nunca :D:D
Amigos desculpem lá qualquer coisita, mas é um momento que tenho que partilhar.

Não é que estamos na letra O e temos uma parte onde escrevemos cores, resposta de um dos participantes "Ogre", como dizia a Raquel:
-Ogre é o Shrek e é verde :D
Quando pensávamos que já que já chegava de disparates, eis que surge outro.
Estamos noutra letra que não me recordo e chegamos às marcas...Zinco!
Olhamos uns para os outros que fez esta afirmação passa a explicar que tal marca existe..até que me viro e digo:
- Mas zinco é com Z!!!
Outro:
-Pois é..e?
Eu:
-Nem sequer estamos nessa letra...lolol
Por fim o momento mais engraçado foi...quando estamos na letra N e chegamos aos animais e alguém escreve "Napoleão"!!!!
Para que saibas, Napoleão não é de todo nenhum animal...pode é ser o nome de algum =)=)
Ah! Neste ganhei, lá está por ser básico, não pela sabedoria :)

Foi mais um dia bem passado na companhia de pessoas que gosto muito e vamos repetir de certeza! Quando o tempo deixar!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Passa a correr...


Já lá vão 9 anos, o tempo passa a correr!
Apesar de tudo, aprendi a crescer para ser a pessoa que sou hoje! A meu ver sou uma porreira, muito mais tolerante =), só têm é que me saber "levar".
Mais anos irão passar e todos os dias terei uma nova etapa na minha vida :)
Continuarei sempre assim como me conhecem!
Há coisas que não mudam =)



O tempo hoje relembra mesmo aquele dia, ventoso!
Fiquem descansados, hoje não vou lá dar um mergulho...lolol...É como tudo, aprendemos à 1.ª, a partir daí já é burrice. Para alguma coisa me aparafusaram-me a cabeça ao pescoço, não fosse eu a voltar a perde-la =)=)

sábado, 15 de agosto de 2009

Frases e Opiniões

"Nunca perca um minuto de sua vida preciosa pensando em pessoas que você não gosta."

Faz como eu, ignora-os!

"Nao vemos as coisas como são: vemos as coisas como somos!"

Ou como queremos...

"Se temos uma vida para viver, e porque temos um Mundo para construir."

Existe tantas pessoas com várias vidas que não são delas, logo têm vários mundos =)

"Podes nao ser ninguem no mundo, mas podes ser o mundo de alguem."

Nem que mais seja do teu!

"Aprendi que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espectacular."

Por isso não penses que só quando chegares ao topo é que é bom!

"Nada do que se sonha, e tão estranho como aquilo que se vê."

e vê-se por aí tanta coisa....

"A vida não é feita só de lembranças. Ela continua emocionante nas promessas diárias, nos pequenos gestos que fazem a alegria dos que caminham sempre juntos."

Vamos caminhar todos na mesma direcção para sermos felizes....

sábado, 8 de agosto de 2009

Ainda agora é o início

Ele pode ser o melhor jogador do Mundo, ter as pernas mais caras de sempre (ainda não avaliaram foi as minhas..lol.
Mas também poderá estar-se a candidatar ao prémio da maior berração!
Eu até aprecio o jogo do rapaz, mas a sua egocentricidade faz as pessoas fazer videos como este. =)



O Nilton está de Parabéns!!!

sábado, 1 de agosto de 2009

Tempo

Hoje estou como o tempo...não me apetece fazer nada!
Não é que me costume apetecer, mas só de pensar que olho lá para fora e vejo tudo escuro e não está com cara de quem vai mudar, deixa-me mais deprimida do que o normal.
Tenho saudades daqueles Verões que eram 40c à sombra, sem vento, sim por aqui à uns anos acontecia isso, uma terra sem vento...=)
Agora tens que andar sempre de casaco às costas e de chapéu de chuva porque nunca sabes como o tempo vai estar daqui a uma hora!
É terrível!!!
Enfim, não se pode fazer nada se não sujeitarmos-nos a esta vida :)

Agora vou despachar-me que ainda tenho muita coisa que fazer hoje...lol

Bom Sábado!

terça-feira, 28 de julho de 2009

Recordar é Viver

Hoje passei pelo blog de uma amiga e de facto tem um pequeno post mas que no fundo diz-nos tanto.
Fala-nos de recordações que guardamos sem nos apercebemos.
Toda a gente já passou por algo que nunca esquecerá na vida, seja ele bom ou mau. Se for um que nos traga más recordações, apenas tiramos uma lição que futuramente nos será muito útil, ou talvez não =)
As boas recordações dificilmente nos esquecemos, mas à sempre alguma que nos escapa e temos ela guardada no "fundo do baú". É tão bom quando às vezes um simples gesto nos faz avivar a memória e relembrarmos tudo como se voltássemos a viver esse dia/momento.
Eu por vezes dou por mim a sorrir sozinha porque algo aconteceu naquele momento que me fez lembrar o que tinha guardado no "fundo do baú" cheio de pó!

Já dizia o outro, "e recordar é viver..."!


De ti guardo as memórias do que nunca fomos mas um dia sonhámos que as teríamos guardadas no nosso baú =)

terça-feira, 7 de julho de 2009

Caminhos



Por todo o lado existem pessoas que caminham sós, acompanhadas ou vagueam no meio de uma multidão.
Muitas sentam-se isoladas do mundo, vivem nos seus pensamentos, no seu mundo, que aos olhos dos outros pode ser pequeno e sem vida. Para eles é lá nos seus pensamentos que estão as suas emoções, a felicidade, os sentimentos e muitas outras coisas que os fazem feliz.
Nem sempre estarmos rodeados de pessoas nos sentiamos acompanhados. Precisamos de um espaço/tempo para nós sonharmos e sentirmo-nos nós próprios para nos conhecermos.
Amigos todos nós temos e faz falta a quem acha que não os tem, às vezes precisamos de alguém ao nosso lado, seja para sorrir, chorar ou apenas para estar ali a olhar um para o outro.


O nosso caminho somos nós que o traçamos e esse sim fazemo-lo sozinhos!


*Foto Hélder Rodrigues-Olhares

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Silêncio..


Apetece-me dizer-te imensas coisas, estou quase tentada a ligar-te, enviar uma sms ou ir ao msn!
Sei que não o posso fazer mas apetece-me!!

Terei que ficar em silêncio

domingo, 28 de junho de 2009

Um exemplo de coragem



Ontem estive a ver o documentário Farrah Fawcett "O Fim de Um Anjo", e foi extraordinário ver a actriz a demonstrar ao Mundo que temos que acreditar sempre, mesmo sabendo que é das doença mais mortíferas.
Ela não teve qualquer problema em demonstrar o desgaste que os tratamentos fazem ao corpo e à mente.
Travou sempre esta batalha com um sorriso, mesmo quando os tratamentos não eram bem sucedidos, também chorava obviamente, como qualquer pessoa. Sem vergonha de o mostrar.
Infelizmente faleceu no dia 25 de Junho de 2009, será um exemplo para todos as pessoas que infelizmente sofrem de cancro.

O cancro venceu o seu corpo, mas não a fé que ela tinha :)

sábado, 13 de junho de 2009

Reflexão

Um agricultor coleccionava cavalos e só lhe faltava uma
determinada raça.


Um dia ele descobriu que o seu vizinho tinha esse determinado
cavalo e atazanou-o até conseguir comprá-lo.


Um mês depois o cavalo adoeceu, e ele chamou o veterinário:


- Bem, o seu cavalo está com uma virose, é preciso tomar este
medicamento durante 3 dias, no terceiro dia eu retornarei e, caso
ele não esteja melhor, será necessário sacrificá-lo.


Alí perto, o porco escutava a conversa toda...


No dia seguinte deram o medicamento e foram-se embora. O porco
aproximou-se do cavalo e disse:


- Força amigo! Levanta-te daí, senão serás sacrificado!!!


No segundo dia, deram-lhe o medicamento e foram-se embora. O
porco aproximou-se do cavalo e disse:



- Vamos lá amigo, levanta-te senão vais morrer!
- Vamos lá, eu ajudo-te a levantar... Upa! Um, dois, três.

No terceiro dia deram-lhe o medicamento e o veterinário disse:
- Infelizmente, vamos ter que sacrificá-lo amanhã, pois a
virose pode contaminar os outros cavalos.


- Quando se foram embora, o porco aproximou-se do cavalo e disse:
- É agora ou nunca, levanta-te depressa! Coragem! Upa! Upa!
Isso, devagar! Óptimo, vamos, um, dois, três, agora mais
depressa, vá...
Fantástico! Corre, corre mais! Upa! Upa! Upa!!! Tu venceste,
Campeão!!!


Então, de repente o dono chegou, viu o cavalo a correr no
campo e gritou:
- Milagre!!! O cavalo melhorou! Isto merece uma festa... para
comemorar 'Vamos matar o porco!!!


Moral:

Isto acontece com frequência no ambiente de trabalho e na vida
também.
Dificilmente se percebe quem é o funcionário que tem o mérito
pelo sucesso, por isso saber viver sem ser reconhecido é uma
arte.
Se algum dia, alguém lhe disser que o seu trabalho não é de um
profissional, lembra-te: 'Amadores construíram a Arca de Noé e
os profissionais, construíram o Titanic'.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Para o Rui Costa do Poker :P

Como o prometido é devido e eu até sou uma pessoa de palavra, deixo-te uma pequena mensagem!
Já passaram 2 anos desde que "falamos", jogamos,rimos feitos parvos.lololol
De facto tenho que reconhecer que fazes rir bastante vezes, afinal és um Tótó e eu a miúda irritante;)
Que tenho a dizer sobre ti...humm....que achas-te o Rui Costa do Poker, mas jogas tanto como eu, ou seja, somos os dois fraquinhos e as conquistas são apenas meras casualidades. Temos uma aposta até Dezembro e estás a anos de luz de me alcançares! Não sei se fui eu que não li bem as regras, mas acho que não estava lá "quem sair 1.º ganha!" :P:P
Algo importante a destacar, sou irritante, irritante mas a tua vida mudou muito desde que "convives" comigo, ou talvez não!
Agora mais a sério, não vás tu desistir de acabares de ler este post fantástico :D:D
És uma pessoa que eu considero amigo, gosto mesmo de falar contigo, apesar das nossas conversas serem 99% de disparates!
Sabes perfeitamente que estarei sempre aqui, nem que seja para te "picar o cérebro" :)

Beijinhos da Miúda Irritante que afinal já não vives sem ela.lolol


p.s: Vai mas é estudar/trabalhar e larga o jogo que dá cabo de ti!!!

terça-feira, 2 de junho de 2009

Não é demais (Re)lembrar!

Estamos a chegar ao Verão, é tempo de praia,piscina,muito Sol e por vezes muitas loucuras!
Todos os anos vemos as prevenções que temos que tomar, seja a longa exposição ao Sol, o consumo de vários líquidos por causa da desidratação...e muito mais cuidados!
Obviamente que são todos importantes, mas no meu ponto de vista não chegam. Falta um fundamental, os mergulhos!! Sejam eles na praia, rio ou piscina.
A cada ano que passa mais pessoas sofrem acidentes graves que mudam uma vida inteira, eu falo por mim. Bastou um mergulho para mudar o meu dia a dia dali para a frente!
Era mais uma tarde de praia, o Sol brilhava lá no alto com algumas nuvens e o típico vento também se fazia sentir, que não é de espantar por estes lados. Rodeada de alguns amigos que me acompanharam nesse dia, nenhum de nós esperava que o dia iria terminar de forma grave.
Estávamos quase de saída, mas eu e uma amiga resolvemos ir dar um último mergulho...e foi...pelo menos para mim! Subimos para cima de uma rocha e mergulhávamos à vez, eu fui a última a fazê-lo, por baixo daquela água não havia só areia e as correntes marítimas fizeram com que as rochas dessem sinal de si.
Sem me passar pela cabeça que isso pudessem acontecer, afinal não era a única a mergulhar e era apenas mais um mergulho. Mergulhei e a minha cabeça foi bater em cheio numa rocha, resultado: Não mexia um único membro, nem sentia nada! Foi assim durante muitos meses, fiquei tetraplégica! Hoje em dia também o sou, embora já mexa alguma coisa o andar nunca mais vai voltar!
Resumindo sou uma tetra a dar para paraplégica. :)
Apesar de todos os contratempos que a vida me prega, sou feliz e quem me conhece comprava-o :D...e já lá vão 9 anos!
Todos os anos devia de existir uma campanha sobre este tipo de acidentes, afinal não é só os de aviação que podem mudar a vida a alguém!

Este texto serve para alertar aos mais distraídos que não é só aos outros que as coisas acontecem!

sexta-feira, 29 de maio de 2009

To Build a Home

Um dos meus melhores amigos deu-me a conhecer esta música e não é que é qualquer coisa de extraordinário:)


Espero que gostem!

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Início

Hoje criei este blog com o objectivo de escrever tudo o que me apetecer, sobre mim, sobre o mundo ou a minha visão sobre ele.
Irei pouco a pouco dar a conhecer a minha pessoa, que não é muito interessante mas eu continuarei a acreditar que sim :).
Quem me conhece irá dizer sim realmente é ela, mas também irá dizer esta parte ela não demonstra...sim, porque nem sempre partilhamos tudo ou quase tudo a quem está mais próximo de nós. Eu sou assim, falo bastante, tento ser simpática, tenho muito mau feitio, às vezes não parece mas até tenho muito bom coração:D
Para 1ª publicação fico por aqui, afinal quero que uma vez por ano passem por cá! Tentarei manter o blog actualizado.